A escritora Maria Viana analisa Obras Clássicas de Viagem e Aventura

Publicado: Março 6, 2016
A aventura de Maria Viana
por Laura Campanér
laura.campaner@bol.com.br

Histórias sobre viagens e aventuras sempre estiveram no imaginário de diferentes povos ao longo do tempo. Mas foi principalmente durante o século XIX que a publicação de romances de aventura se firmou, produzindo obras que se transformaram em verdadeiros clássicos da literatura universal.

Através de personagens destemidos, que enfrentam perigos e triunfam diante de adversidades, que se deslocam pelo espaço real ou em sonhos, entre outras façanhas, os livros sobre viagens e aventuras, inicialmente dirigidos ao público adulto, foram pouco a pouco conquistando o leitor infantil e juvenil com suas narrativas desafiadoras.

Obras como Viagem ao Centro da Terra, de Júlio Verne, Alice no País das Maravilhas de Lewis Carroll, foram lançadas no mercado editorial da época, transformando-se com o passar dos anos, em gêneros literários de grande sucesso entre o público interessado.

viagens capa okTendo essas histórias como tema principal, Um Estudo sobre as Obras Clássicas de Viagem e Aventura, o livro da escritora e tradutora Maria Viana (Editora Eureka, 2016), discute a importância da leitura de obras clássicas para a formação de novos leitores.

Dirigido ao público em geral, mas em especial ao educador que trabalha com adolescentes e jovens, e outros integrantes da comunidade escolar, envolvidos em projetos de leitura, o livro comenta as circunstâncias históricas da produção das obras e os aspectos literários e simbólicos que as histórias compreendem.

MARIA_VIANA_FOTO_LAURA_CAMPANER5

Maria Viana – Foto: Laura Campanér

Com isso a autora pretende contribuir para o desenvolvimento do leitor em formação, uma vez que disponibiliza também em seu texto, sugestões para o educador de como trabalhar com a questão em sala de aula, visando à integração dos alunos com as obras, através de suas próprias experiências.

ESTUDO SOBRE OBRAS CLASSICAS_DIAG.indd

Ilustração interna do livro

Ao mesmo tempo em que expõe as biografias dos autores, contextualizadas historicamente, o livro de Maria Viana proporciona em sua leitura uma oportunidade de entrar em contato com as diferentes culturas as quais pertencem os escritores.

Além de apresentar um panorama da produção de diferentes países como As viagens de Gulliver do anglo-irlandês Jonathan Swift (1667 —1745), Moby Dick do norte-americano Herman Melville (1819 – 1891), A ilha do Tesouro do escocês Robert Louis Stevenson (1850 —1894), Alice no País das Maravilhas do britânico Lewis Carroll (1832 — 1898) e as obras do francês Júlio Verne (1828 —1905), a escritora aproxima o tema com nossa cultura, na escolha do brasileiro Graciliano Ramos (1892 — 1953), com a obra Alexandre e outros heróis, para compor o cenário cronológico de seu Estudo.

Maria Viana acredita que a leitura dos clássicos é de suma importância para o leitor em desenvolvimento, pois, “se esses textos foram muitas vezes traduzidos, adaptados e ilustrados para facilitar o entendimento do leitor, também podem estimulá-lo a ler, posteriormente, os livros na íntegra ou até na língua original”, comenta a autora em entrevista  para a divulgação do trabalho.

Mestre em Culturas e Identidades Brasileiras pelo Instituto de Estudos Brasileiros da Universidade de São Paulo (IEB-USP) e Bacharel em Letras Português – Francês pela mesma instituição, Maria Viana respalda seu conhecimento literário na experiência que adquiriu ao longo de sua carreira como editora de livros didáticos e de literatura para crianças e jovens, em grandes editoras da cidade de São Paulo onde trabalhou por quinze anos, quando teve a oportunidade de organizar várias antologias.

Serviço:

Um Estudo sobre as Obras Clássicas de Viagem e Aventura

Autora: Maria Viana,

Editora Eureka, 2016

Comprar

Saiba mais:

Maria Viana é autora de A lenda dos diamantes e outras histórias mineiras (ilustrações de Denise Nascimento, Scipione), A festa no céu (ilustrações de Mateus Rios, Positivo), Um estudo sobre a fábula e o conto de fadas e Um estudo sobre as obras clássicas e viagens e aventuras (Eureka), História e Geografia do Nordeste (FTD). Assina também a organização das obras A poesia do nome (Frase & Efeito e A Casa Editorial), Histórias de bichos (Ática) Contos de Maupassant (DCL), Contos de Aluísio Azevedo (DCL) entre outras.